Provimento nº 88/2019 – Cartórios devem cadastrar oficiais de cumprimento no sistema Justiça Aberta até o dia 15 de janeiro

Provimento nº 88/2019 – Cartórios devem cadastrar oficiais de cumprimento no sistema Justiça Aberta até o dia 15 de janeiro

A Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ) determinou aos Tribunais de Justiça do país que todos os cartórios extrajudiciais de seu estado indiquem, até o dia 15 de janeiro, o oficial de cumprimento que será responsável pelo envio das informações relacionadas ao Provimento nº 88 para o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Essa determinação segue um cronograma de atividades especificadas pela CNJ para que os cartórios iniciem a aplicação das novas regras determinadas pela norma a partir do dia 3 de fevereiro de 2020, data em que a medida entra em vigor.

Delegatários, interinos e interventores de todas as especialidades relacionadas no provimento devem cadastrar no sistema Justiça Aberta – mediante acesso único do cartório – o oficial responsável por comunicar os atos suspeitos elencados pela norma.

Esse cadastro prévio é a única forma de habilitar o responsável no Sistema de Controle de Atividades Financeiras (SISCOAF), portal que será utilizado para comunicação da ocorrência de acordo com as regras estipuladas no provimento em questão.

Assinado em outubro de 2019 pelo corregedor Nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, o Provimento nº 88/2019 dispõe sobre a inclusão dos cartórios brasileiros como parte da rede de instituições que combatem a corrupção, a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo.

Fonte: Assessoria de imprensa – Anoreg/BRF

FONTE:  http://www.serjus.com.br/noticias_ver.php?id=10538 

Outras notícias

NOTÍCIAS 16 à 26 de fevereiro
sexta-feira 21 fevereiro / 2020 Horário de funcionamento dos cartórios no Carnaval Ação de despejo não precisa de todos os proprietários do imóvel no polo ativo IBDFAM – Aplicada na partilha, regra que distingue união estável e casamento também deve valer na sobrepartilha, decide TJRS
quinta-feira 20 fevereiro / 2020 Clipping – ConJur – Execução contra devedor já morto não é redirecionada a herdeiros STF - Instituições são convocadas a cadastrar endereço eletrônico no STF para receber comunicações processuais
quarta-feira 19 fevereiro / 2020 ITI – ITI: Plugin para assinar e verificar as assinaturas digitais ICP-Brasil em PDF está disponível TJ/MG – CGJ publica aviso nº 14/CGJ/2020 e orienta sobre o cadastro de oficiais de cumprimento, nos termos do Provimento da Corregedoria Nacional de Justiça nº 88 CNJ – CNJ: Novas conselheiras tomam posse no CNJ Primeira Seção define que prazo prescricional aplicável à desapropriação indireta é de dez anos
terça-feira 18 fevereiro / 2020 Para Terceira Turma, condomínio é ente despersonalizado e não sofre danos morais
segunda-feira 17 fevereiro / 2020 CNJ e Anoreg/BR promovem evento sobre o Provimento 88 com especialistas do setor extrajudicial Clipping – Diário do Poder - Corregedoria do CNJ reforça integração de cartórios no combate à corrupção Quarta Turma admite flexibilizar diferença mínima de idade na adoção Imóvel com dívida tributária arrematado em leilão pode ser penhorado em caso da execução antes da alienação

 

Rua Guajajaras, 197 - térreo - Centro - CEP 30180-103 - Tel. (31) 3224-1788 - Fax (31) 3226-4387 © 2020 - Registro de Títulos e Documentos. Cartório do 2º Ofício