ITI - O setor de certificação ICP-Brasil deve caminhar junto para o futuro digital

ITI - O setor de certificação ICP-Brasil deve caminhar junto para o futuro digital

O encerramento do CERTFORUM 2019 reuniu os representantes das associações do setor de certificação digital para uma defesa do modelo de Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil e seu desenvolvimento para se consolidar como padrão das políticas nacionais.

“São 18 anos de maturidade e desenvolvimento. Estamos cada vez mais antenados ao governo digital. As transformações demoram um pouquinho no nosso país, mas elas chegam e chegam em bom tempo”, declarou o Presidente da Associação Nacional de Certificação Digital - ANCD, Egon Schaden, que reverenciou o CERTFORUM como o ambiente mais propício para a discussão sobre o futuro do setor.

Os próximos passos da certificação digital, segundo o presidente da Associação Nacional de Autoridades de Certificação Digital - ANCERT, Renan Souza, devem perpassar um sistema nacional de certificação digital saudável, ético e eficiente para o cidadão e para o governo.

A presença da segurança ICP-Brasil nas políticas desenvolvidas pelo Governo Federal demostra o reconhecimento da tecnologia para a segurança da digitalização e desburocratização do país. O destaque foi dado pelo presidente da Associação das Autoridades de Registro do Brasil - AARB, Edmar Araujo, que citou a Lei de Liberdade Econômica para a modernização e incentivo às atividades empresariais, reduzindo a burocracia.

Medida Provisória convertida em Lei em 20 de setembro, o normativo traz de forma exclusiva o uso da certificação digital ICP-Brasil para a digitalização e conservação documental, de comprovação de autoria e integridade de documentos em forma eletrônica.

Parceria

É senso comum entre os representantes das associações que o setor deve caminhar junto para o futuro digital do Brasil. A presidente-executiva da Associação Brasileira de Tecnologia e Identificação Digital - ATID, Francimara Viotti, defendeu o modelo colaborativo para “enfrentar aquilo que impede a massificação dos certificados digitais no modelo ICP”.

A defesa é corroborada pelo presidente-executivo da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital - Abrid, Célio Ribeiro. “Nossa função associativa é a de colaborar e subsidiar o governo com tecnologia, com apoio, com informação e com incentivo a melhores práticas e conceitos de segurança em tecnologia. Estamos juntos e queremos, sim, construir a várias mãos para um único objetivo: o sucesso do nosso projeto de certificação digital”, declarou.

FONTE:  http://www.serjus.com.br/noticias_ver.php?id=10043 

Outras notícias

NOTÍCIAS 07 à 17 de outubro
quinta-feira 17 outubro / 2019 Vínculo afetivo autoriza flexibilizar regra legal mínima de diferença de idade entre adotante e adotando Fórum Internacional da Haia destaca eficiência do modelo de apostilamento do Brasil CNJ esclarece dúvidas de tabeliães e registradores sobre o Provimento nº 88
quarta-feira 16 outubro / 2019 Governo Federal publica Decreto sobre compromisso pela erradicação do sub-registro civil de nascimento Corregedoria Geral de Justiça publica Portaria nº 40 e institui grupo de trabalho para análise, compilação e atualização dos provimentos do serviço extrajudicial STJ: É possível inventário extrajudicial mesmo com testamento Senado: Senado aprova indicado para o CNJ
terça-feira 15 outubro / 2019 Publicado resultado definitivo da Prova Objetiva do Concurso Extrajudicial Edital n° 1/2019 Consumidores fazem jus a rescisão de contrato mesmo com cláusulas inibidoras Clipping – JM Online - Cartórios mineiros passam a usar QR Code para atos de autenticações e reconhecimento de firmas
segunda-feira 14 outubro / 2019 Beneficiário do INSS tem 10 anos para requerer revisão da aposentadoria por tempo de contribuição Câmara: Deputados aprovam autorização para registro em cartório de criança nascida morta Clipping – Campo Grande News - Reconhecimento tardio de paternidade é processo simples em cartórios Clipping – A Tribuna - Alteração de sobrenome pode ser feita em cartório de registro civil Senado - CCJ aprova mudança na perda da nacionalidade brasileira em caso de naturalização
quinta-feira 10 outubro / 2019 Direito ao benefício da pensão por morte é imprescritível e pode ser requerido a qualquer tempo Pela primeira vez, duas mulheres são nomeadas para as vagas da advocacia no CNMP Fórum da Apostila de Haia apresentará a nova plataforma digital para os atos de apostilamento CNJ - Corregedores discutem aperfeiçoamento das áreas Disciplinar e Extrajudicial STJ - Venda com reserva de domínio, com ou sem registro em cartório, não se sujeita à recuperação judicial CGJ-MG publica Aviso Nº 54 sobre aplicação da Lei 13.726
terça-feira 08 outubro / 2019 Clipping – Rota Jurídica - Estrangeiro hipossuficiente tem direito à expedição gratuita de carteira de identidade CNJ: Mais de 1,2 milhão de documentos já foram apostilados em 2019 Câmara: Proposta amplia prazo para abertura de inventário de 30 dias para 6 meses Câmara: Comissão aprova gratuidade de segunda via de identidade para idosos Título de Imóvel adquirido por programa federal não é exclusivo da mulher em caso de divórcio

 

Rua Guajajaras, 197 - térreo - Centro - CEP 30180-103 - Tel. (31) 3224-1788 - Fax (31) 3226-4387 © 2019 - Registro de Títulos e Documentos. Cartório do 2º Ofício