TJ/MG: Mutirão vai regularizar registros de imóveis em Belo Horizonte

TJ/MG: Mutirão vai regularizar registros de imóveis em Belo Horizonte

De setembro a novembro, Vara de Registros Públicos prioriza audiências e decisões de processos de usucapião

A Vara de Registros Públicos de Belo Horizonte vai promover um mutirão nos meses de setembro, outubro e novembro, abrangendo cerca de 330 processos de usucapião que ainda não tiveram uma solução.

Para cumprir as metas nacionais estipuladas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foram identificados, no acervo de 3.170 processos físicos, aqueles que apresentam maior tempo médio de duração.

Alguns são ainda remanescentes da especialização da Vara de Registros Públicos, que atraiu para o acervo processos das varas cíveis. Muitos deles estavam com audiência marcada para o ano de 2020. Depois de constatada a situação, a juíza auxiliar, Janete Gomes Moreira, decidiu antecipar todas as audiências pendentes, propondo a realização do mutirão.

Outra contribuição importante da iniciativa é proporcionar uma prestação jurisdicional mais ágil a um público prioritário, uma vez que os processos de usucapião envolvem, também em sua maioria, demandantes idosos.

Os preparativos começaram há dois meses, com a identificação dos processos em fase avançada de tramitação e a busca pela adesão dos advogados, especialmente do Núcleo de Prática Jurídica da PUC-MG e da Defensoria Pública, que se propuseram a reexaminar os autos, sanando eventuais irregularidades prejudiciais ao julgamento.

Foi realizada também uma reunião com os sete registradores de imóveis da capital, a fim de identificar e sanar de antemão possíveis entraves no momento da lavratura das sentenças, bem como para o ajustamento no cumprimento do Código de Normas elaborado pela Corregedoria-Geral de Justiça (Provimento 260/CGJ/260).

A expectativa é que 70% dos processos selecionados sejam julgados durante o mutirão e que a pauta de audiência esteja desafogada a partir de fevereiro do próximo ano.

FONTE:  http://www.serjus.com.br/noticias_ver.php?id=9880

Outras notícias

NOTÍCIAS 05 à 15 de setembro
sexta-feira 13 setembro / 2019 Decisões interlocutórias em liquidação, cumprimento, execução e inventário são recorríveis por agravo de instrumento Do incidente de desconsideração da personalidade juridica no novel CPC Decisão do CNJ destaca que Lei 13.726/2018 não se aplica aos serviços notariais e registrais
quinta-feira 12 setembro / 2019 Mantida decisão que isentou banco de indenizar por inscrição negativa de dívida cuja mora foi afastada pela Justiça IRTDPJ/BR - Últimos dias para se inscrever no I Encontro Regional de RTDPJ Cartórios já apostilaram mais de 3,5 milhões de documentos desde 2016
quarta-feira 11 setembro / 2019 CNJ aprova nova norma sobre viagens nacionais de crianças desacompanhadas CNJ: Aprovado relatório de inspeção feita pela Corregedoria Nacional no TJMGx
terça-feira 10 setembro / 2019 Execução de taxas condominiais: possibilidade de inclusão de taxas condominiais vincendas no procedimento de execução de título extrajudicial. TJ/MG: Notários e registradores mineiros homenageiam magistrado Impactos do Provimento 74 nas serventias extrajudiciais finaliza plenárias do 1º dia do XXVIII Congresso Estadual dos Notários e Registradores de MG
sexta-feira 06 setembro / 2019 Culpa exclusiva da vítima em acidente afasta responsabilidade de indenização CNJ: 14º Semana Nacional de Conciliação: CNJ disponibiliza peças de divulgação Recivil-MG: Jurisprudência mineira - Reexame necessário - Pensão por morte - União estável e dependência econômica comprovadas - Juros e correção monetária

 

Rua Guajajaras, 197 - térreo - Centro - CEP 30180-103 - Tel. (31) 3224-1788 - Fax (31) 3226-4387 © 2019 - Registro de Títulos e Documentos. Cartório do 2º Ofício