CNJ: Aprovado relatório de inspeção feita pela Corregedoria Nacional no TJMGx

CNJ: Aprovado relatório de inspeção feita pela Corregedoria Nacional no TJMGx

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, apresentou nesta terça-feira (10/9), durante a 296ª Sessão Ordinária, relatório da inspeção ordinária realizada no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). As recomendações e determinações constantes do documento foram aprovadas, por unanimidade, pelo Plenário.

Os trabalhos de inspeção em Minas Gerais foram realizados no período de 5 a 9 de agosto. Foram feitas determinações, cujo cumprimento será acompanhado por meio de pedidos de providências, e recomendações visando o aprimoramento da prestação jurisdicional.

Determinações

Entre as determinações feitas pelo corregedor nacional ao TJMG, constam: a apresentação, em 60 dias, do plano anual de pagamento de precatórios do ano de 2019, do município de Belo Horizonte; o desenvolvimento de mecanismo para avaliação dos conciliadores e mediadores judiciais que atuam no Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) e no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e a interlocução entre Coordenadoria Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar com o a Polícia Civil e o Ministério Público com o objetivo de reduzir o índice de prescrição dos crimes.

Recomendações

Já entre as recomendações, constam o trâmite prioritário de processos administrativos de natureza disciplinar, a fim de evitar eventual prescrição; maior agilidade no desenvolvimento de plataforma eletrônica para o processamento de precatórios, que ainda é feito pelo meio físico e a preservação da intimidade dos beneficiários, para que seus nomes não sejam acessíveis ao público em geral.

Boas práticas

O documento também fez um registro de boas práticas desenvolvidas pelo tribunal mineiro, como o programa “Novos Rumos”, criado pelo Método APAC (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado), voltado para área de execução penal, que tem por objetivo ações em favor da humanização no cumprimento das penas privativas de liberdade, da reinserção e justiça social.

Outra iniciativa destacada foi o Programa de Atenção Integral ao Paciente Judiciário (PAI-PJ), que busca fazer o acompanhamento de pessoas em situação de sofrimento psíquico que cometeram algum crime.


Outras notícias

NOTÍCIAS 07 à 17 de outubro
quinta-feira 17 outubro / 2019 Vínculo afetivo autoriza flexibilizar regra legal mínima de diferença de idade entre adotante e adotando Fórum Internacional da Haia destaca eficiência do modelo de apostilamento do Brasil CNJ esclarece dúvidas de tabeliães e registradores sobre o Provimento nº 88
quarta-feira 16 outubro / 2019 Governo Federal publica Decreto sobre compromisso pela erradicação do sub-registro civil de nascimento Corregedoria Geral de Justiça publica Portaria nº 40 e institui grupo de trabalho para análise, compilação e atualização dos provimentos do serviço extrajudicial STJ: É possível inventário extrajudicial mesmo com testamento Senado: Senado aprova indicado para o CNJ
terça-feira 15 outubro / 2019 Publicado resultado definitivo da Prova Objetiva do Concurso Extrajudicial Edital n° 1/2019 Consumidores fazem jus a rescisão de contrato mesmo com cláusulas inibidoras Clipping – JM Online - Cartórios mineiros passam a usar QR Code para atos de autenticações e reconhecimento de firmas
segunda-feira 14 outubro / 2019 Beneficiário do INSS tem 10 anos para requerer revisão da aposentadoria por tempo de contribuição Câmara: Deputados aprovam autorização para registro em cartório de criança nascida morta Clipping – Campo Grande News - Reconhecimento tardio de paternidade é processo simples em cartórios Clipping – A Tribuna - Alteração de sobrenome pode ser feita em cartório de registro civil Senado - CCJ aprova mudança na perda da nacionalidade brasileira em caso de naturalização
quinta-feira 10 outubro / 2019 Direito ao benefício da pensão por morte é imprescritível e pode ser requerido a qualquer tempo Pela primeira vez, duas mulheres são nomeadas para as vagas da advocacia no CNMP Fórum da Apostila de Haia apresentará a nova plataforma digital para os atos de apostilamento CNJ - Corregedores discutem aperfeiçoamento das áreas Disciplinar e Extrajudicial STJ - Venda com reserva de domínio, com ou sem registro em cartório, não se sujeita à recuperação judicial CGJ-MG publica Aviso Nº 54 sobre aplicação da Lei 13.726
terça-feira 08 outubro / 2019 Clipping – Rota Jurídica - Estrangeiro hipossuficiente tem direito à expedição gratuita de carteira de identidade CNJ: Mais de 1,2 milhão de documentos já foram apostilados em 2019 Câmara: Proposta amplia prazo para abertura de inventário de 30 dias para 6 meses Câmara: Comissão aprova gratuidade de segunda via de identidade para idosos Título de Imóvel adquirido por programa federal não é exclusivo da mulher em caso de divórcio

 

Rua Guajajaras, 197 - térreo - Centro - CEP 30180-103 - Tel. (31) 3224-1788 - Fax (31) 3226-4387 © 2019 - Registro de Títulos e Documentos. Cartório do 2º Ofício